Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de 100 escritores e académicos defenderam atribuição do Prémio FIL a Bryce Echenique

Lusa

  • 333

Cidade do México, 17 out (Lusa) - Mais de 100 escritores e académicos da América e Europa defenderam hoje a decisão do júri do Prémio da Feira Internacional do Livro (FIL) de Guadalajara 2012, concedido ao autor peruano Alfredo Alfredo Bryce Echenique, acusado de fraude.

Os organizadores da FIL de Guadalajara, no oeste mexicano, e do Prémio de Literatura difundiram hoje uma carta de 110 personalidades do mundo literário em defesa da atribuição do galardão a Bryce.

Os assinantes, incluindo os escritores Carlos Andrade (Espanha), Toño Angulo Danero (Peru) e Guadalupe Nettel (México), sublinham que a decisão do júri atesta "o reconhecimento da alta e indiscutível qualidade literária da obra narrativa" do autor peruano.