Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de 100 animais embalsamados invadem Casa Andresen, no Porto

Lusa

  • 333

Porto, 18 mai (Lusa) -- Leões, tigres, impalas, rinocerontes, cabras, zebras, girafas, javalis e leopardos "invadiram" a Casa Andresen no Jardim Botânico do Porto, mas estão todos embalsamados pelo método da taxidermia e só podem ver-se com recurso a lanternas.

Em entrevista à Lusa, o comissário da exposição "Animais de Museu", Luís Mendonça, conta que 120 animais selvagens dos cinco continentes chegaram hoje a Casa Andresen, que está num "grande rebuliço", porque a habitação se encontra às escuras e os visitantes, para verem os bichos, têm de colocar lanternas nas cabeças.

A exposição, que o público pode ver a partir de domingo, "ficou congelada, os animais estão parados no ar, com o efeito naturalista dentro da casa e só é prolongada pelo som de Manuel Cruz", o músico da banda Ornatos Violeta que foi convidado para fazer a banda sonora do certame, explicou o comissário da exposição. Acrescentou que cada visitante vai ser "um ator", que, com a sua lanterna, vai poder "deliciar-se" a ver pormenores dos animais.