Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais austeridade deverá financiar investimento público no próximo orçamento britânico

Lusa

  • 333

Londres, 04 dez (Lusa) - O ministro das Finanças britânico deverá anunciar na quarta-feira mais cortes à despesa pública e rever em baixa as previsões de crescimento para 2012, numa declaração no parlamento sobre a execução fiscal e orçamento do próximo ano.

De acordo com os media britânicos, que citam fontes do Governo, George Osborne pedirá poupanças de um por cento no ano fiscal 2013/14 à maioria dos ministérios e de dois por cento em 2014/15, salvaguardando os orçamentos para as escolas, saúde, cooperação Internacional e desmantelamento nuclear.

O resultado será um excedente de cinco mil milhões de libras (6,2 mil milhões de euros), que será investido em infraestruturas públicas, adiantou hoje o primeiro-ministro, David Cameron, durante uma visita a uma escola.