Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Maioria dos vinhos e azeites da Fundação Eugénio de Almeida já ruma ao estrangeiro

Lusa

  • 333

Évora, 12 dez (Lusa) -- A maior parte dos vinhos e azeites alentejanos produzidos pela Fundação Eugénio de Almeida (FEA), de Évora, já é exportada, sendo a internacionalização aposta para combater a atual crise do país, revelou hoje o administrador-delegado.

"Devemos trabalhar para estar em mais posições no mercado nacional", mas, para o próximo ano, o caminho da FEA passa, sobretudo, por "não desmobilizar relativamente aos mercados externos, onde se nota que há uma capacidade de aquisição muito forte, neste momento", disse Luís Rosado.

A propósito da nova identidade corporativa da FEA, no âmbito das comemorações do cinquentenário da instituição, o administrador-delegado deu hoje conta do crescimento que os vinhos e azeites têm tido.