Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Maioria dos mais de 200 milhões de desempregados no mundo são jovens - Estudo

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 jan (Lusa) - A maioria dos mais de 200 milhões de desempregados que existem no mundo são jovens e, para que o emprego cresça ao mesmo ritmo da população, têm que ser criados 600 milhões de empregos até 2020, segundo um estudo.

A informação foi hoje divulgada no decurso da Conferência de Emprego da International Finance Corporation (IFC), membro do Grupo Banco Mundial, em Washington.

"O emprego é uma componente fulcral da agenda do desenvolvimento global. Na conferência de hoje, aprofundámos a nossa perceção da dimensão e urgência da criação de mais e melhores empregos nos países que apoiamos, desde já e no futuro próximo", lê-se no comunicado da IFC emitido pela Sociedade para o Financiamento do Desenvolvimento (SOFID), o representante português nesta instituição.