Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Maior rigor nas provas de português para nacionalidade é positivo mas podia ter acontecido "há mais tempo" - sindicato

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 fev (Lusa) -- O sindicato dos trabalhadores consulares elogiou o "aumento do rigor" nas provas de português para aquisição de nacionalidade, mas lamentou que a decisão governamental não tenha sido tomada "há mais tempo".

A legislação aprovada na quinta-feira pelo Governo determina que as provas de português para aquisição de nacionalidade passem a realizar-se nos centros de línguas do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, na tutela do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Até agora, estas provas eram feitas nos consulados, quando os examinados estavam no estrangeiro. Em Portugal, as provas realizam-se habitualmente em escolas.