Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Maior naufrágio pesqueiro em Portugal foi há 65 anos

Lusa

  • 333

Redação, 01 dez (Lusa) -- O maior naufrágio pesqueiro em Portugal aconteceu há 65 anos, quando, na madrugada de 02 de dezembro de 1947, quatro traineiras afundaram ao largo da costa entre a Aguda (Gaia) e Leixões (Matosinhos), levando consigo 152 pescadores.

Entre as tripulações das embarcações de pesca D. Manuel, S. Salvador, Maria Miguel e Rosa Faustino apenas se salvaram seis pessoas, recordou à Lusa José Brandão, presidente da Associação dos Pescadores Aposentados de Matosinhos.

Com 14 anos em 1947, José Brandão contou que também o seu pai foi ao mar naquela madrugada em busca de "sardinha grande na Figueira da Foz" e como "com dificuldade conseguiu salvar-se".