Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Maia: Homem que esfaqueou mortalmente a mulher condenado a 18 anos de prisão

Lusa

  • 333

Maia, 13 jul (Lusa) -- Um homem que matou a mulher com 37 facadas, por alegada infidelidade conjugal, foi hoje condenado, pelo tribunal da Maia, a 18 anos de prisão.

A pena é similar à pedida pelo Ministério Público, que pretendia uma condenação "não inferior a 18 anos" de cadeia.

O homem atacou a mulher, em 04 de novembro de 2011, com uma faca de cozinha, após uma discussão violenta num dos quartos da residência comum. Na altura, encontravam-se noutras dependências da habitação os dois filhos do casal, um de nove anos e outro de 17.