Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

MAI admite circunstâncias excecionais de segurança na Taça de Portugal em futebol

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 mai (Lusa) -- O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, considerou hoje a final da Taça de Portugal em futebol como um "jogo de circunstâncias excecionais", mas garantiu que tudo está tratado para que corra da melhor forma.

Miguel Macedo referiu que o Estádio Nacional, em Oeiras, onde domingo Benfica e Vitória de Guimarães disputam a Taça de Portugal "tem circunstância que não se verificam noutro qualquer estádio" e obriga a uma separação de dispositivos de segurança.

"É preciso separar o que tem a ver com o recinto propriamente dito daquilo que tem a ver com o especial ambiente que enquadra o jogo e a tradicional 'romaria'", disse o ministro, acrescentando: "Está tudo tratado para que tudo corra da melhor forma".