Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Maduro acusa Obama de planear os recentes atos de violência na Venezuela

Lusa

  • 333

Caracas, 05 mai (Lusa) -- O Presidente venezuelano Nicolás Maduro responsabilizou no sábado o Presidente norte-americano Barack Obama pela violência "planeada" registada na Venezuela nos últimos dias, antes de o mandatário iniciar a sua recente visita ao México e Costa Rica.

Maduro proferiu as declarações à estação de rádio e televisão pública da Venezuela, na qual o ministro dos Negócios Estrangeiros venezuelano, Elías Jaua, leu um comunicado rejeitando as declarações de Obama.

"A nossa visão tem sido a de que o venezuelano deve eleger os seus líderes em eleições legítimas", disse Obama numa entrevista difundida no México.