Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Madeira:Jardim critica excessiva burocratização que impede país de avançar e defende mudança de regime

Lusa

  • 333

Funchal, 26 jul (Lusa) - O presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, criticou hoje a excessiva burocratização e defendeu uma mudança de regime, sem a qual o Portugal e a sua economia não podem avançar.

"Se há matéria em que se justifique uma mudança de regime político é esta questão das leis e normas portuguesas que burocratizaram o país e não se pense que a nossa economia e Portugal vai avançar enquanto isto sobreviver", disse Jardim na cerimónia da entrega de mais quatro habitações a pessoas desalojadas devido ao temporal de 20 de fevereiro, construídas pela Cruz Vermelha Portuguesa, na freguesia de Santo António, no Funchal.

O governante manifestava assim o seu apoio ao responsável pela delegação regional da Cruz Vermelha, Ramiro Morna, segundo o qual a demora na concretização destes projetos foi "agravada pela teia administrativa e burocrática" imposta para a sua realização.