Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Madeira/Dia da Região: Jardim reconhece que Programa de Ajustamento penaliza autonomia

Lusa

  • 333

Funchal, 30 jun (Lusa) - O presidente do Governo Regional reconheceu hoje que o Programa de Ajustamento Económico Financeiro (PAEF) penaliza a autonomia mas realça que o pedido teria de ser feito porque a Madeira caía em insolvência financeira.

"Penaliza a autonomia mas foi necessário porque, devido ao nosso endividamento que resultou do fato do Estado não ter investido um tostão na Região. E corríamos o risco da insolvência se não fosse este Plano de Ajustamento Financeiro", afirmou à Agência Lusa, a propósito do 36º. aniversário do Dia da Região Autónoma que se celebra no domingo.

Alberto João Jardim admite que "as finanças continuam a ser o calcanhar de Aquiles da autonomia porque, quando começou a autonomia, o Estado português não investiu um tostão na Madeira".