Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Madeira: PCP quer programa de emergência para o setor da construção

Lusa

  • 333

Funchal, 16 jul (Lusa) -- O deputado do PCP na Assembleia Legislativa da Madeira defendeu hoje um programa de emergência para a construção civil e obras públicas da região, setor que, entre janeiro e maio, atirou 1.600 trabalhadores para o desemprego, revelou.

"O que está em causa é a defesa de um setor económico que precisa de respostas emergenciais, que é dos que empregaram e continuam a empregar maior número de trabalhadores na região", afirmou, em conferência de imprensa, no Funchal, Edgar Silva.

O parlamentar, que reuniu com representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Construção, Madeiras, Olarias e Afins da Região Autónoma da Madeira, salientou que "defender este setor com medidas fundamentais de emergência para as empresas é equivalente a defender os postos de trabalho e os direitos de quem trabalha e, também, para que se perspetivem novos postos de trabalho".