Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Madeira: Estado cometeu "lacuna" que a História registará ao não custear obra do aeroporto - Jardim

Lusa

  • 333

Funchal, 26 jun (Lusa) - O presidente do Governo Regional da Madeira disse hoje que o Estado cometeu uma "lacuna", que a História registará, ao não ter suportado os encargos da construção do aeroporto da região.

Alberto João Jardim falava na entrega de uma nova viatura de combate a incêndios em aeronaves para os Bombeiros do Aeroporto Internacional da Madeira, num investimento público de 529 mil euros.

"Infelizmente esta obra não devia ser custeada pela ANAM -- Aeroporto da Madeira, ANA -- Aeroportos e Navegação Aérea e Governo da Região Autónoma da Madeira, porque os aeroportos, num país insularizado, são as vias rápidas que fazem a coesão do país e que unem as várias parcelas do território nacional", lembrou o governante madeirense.