Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Macau: Hemiciclo aprova alterações às leis eleitorais

Lusa

  • 333

Macau, China, 16 jul (Lusa) - O hemiciclo de Macau aprovou hoje na generalidade, com quatro votos contra, as duas propostas de lei de alteração às leis eleitorais para o Chefe do Executivo e Assembleia Legislativa (AL) .

Ao abrigo das propostas - com o aval de Pequim - prevê-se o alargamento do colégio eleitoral que escolhe o Chefe do Executivo de 300 para 400 membros, representantes dos diversos sectores, cuja proporção também sofre ajustamentos.

Em paralelo, os futuros candidatos a chefe do Executivo passarão a ter de recolher agora, pelo menos, 66 assinaturas (em vez de 50) entre os membros da Comissão Eleitoral para se apresentarem na corrida ao cargo.