Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Macau: Governo fixa risco social em 330 euros

Lusa

  • 333

Macau, China, 25 jun (Lusa) - O Executivo de Macau vai elevar, pela segunda vez este ano, o valor do risco social, fixando o novo montante mínimo de sobrevivência em 3.300 patacas (cerca de 330 euros) contra os 3.200 anteriores, foi anunciado.

O novo valor terá efeitos práticos a partir 01 de julho e é justificado por Fernando Chui Sai On, líder do Governo, com os efeitos nocivos da inflação nas camadas mais desfavorecidas da população de Macau.

Nesse sentido, salientou o chefe do Governo, o Executivo vai em breve "efetuar um estudo centrado na camada que mais precisa de apoio financeiro, isto é, a comunidade menos favorecida e os idosos, no sentido de recolher informação sobre o impacte da inflação na qualidade de vida".