Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Via Navegável do Douro precisa de 100 mil euros para concluir reparações

Lusa Visão Verde

  • 333

Peso da Régua, 10 mai (Lusa) -- O Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM) precisa de 100 mil euros para concluir as reparações dos danos causados pelas cheias na Via Navegável do Douro e para reabrir ao tráfego sem condicionalismos, disse hoje fonte do organismo.

A navegação neste rio está condicionada, necessitando as embarcações de uma autorização, que é passada caso a caso pela delegação do Douro do IPTM, para subirem do Pinhão até Barca d'Alva.

"Tínhamos adjudicado a primeira tarefa de reparação da via navegável, como fazemos todos os anos, e tínhamos feito a nossa estimativa de valor que foi ultrapassada pelos danos causados pelas cheias", afirmou o diretor delegado do IPTM, Joaquim Gonçalves.