Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vasco Lourenço inconformado com país dirigido "por corruptos e por aldrabões"

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 14 set (Lusa) - Vasco Lourenço, um dos intervenientes da revolução de abril de 1974, afirmou hoje, num encontro de militares em Alcáçovas (Évora), estar inconformado com um "país sequestrado pelo medo" e dirigido "por corruptos, por aldrabões, por pessoas sem ética nem moral".

Num encontro em Monte Sobral, Alcáçovas, para assinalar os 40 anos da fundação do Movimento dos Capitães, Vasco Lourenço elogiou a revolução dos cravos, que pôs termo à ditadura, mas admitiu que não se aproveitou o 25 de Abril para construir "um país melhor do que o que hoje" existe.

O militar disse estar inconformado por Portugal se ter tornado "num protetorado de forças estrangeiras" [numa alusão à 'troika'] e estar a ser dirigido por pessoas que "tudo espezinham para manterem lugar à mesa dos poderosos".