Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Um morto e sete desaparecidos à chegada do Haiyan à China

Lusa Visão Verde

  • 333

Pequim, 11 nov (Lusa) -- Uma pessoa morreu e sete outras foram dadas como desaparecidas hoje após a chegada à China do Haiyan, tufão que causou milhares de mortos nas Filipinas e graves danos no Vietname e em Taiwan, informou a Xinhua.

De acordo com a agência oficial chinesa, os setes desaparecidos formam parte da tripulação de um barco que, depois se ter rompido a corda que o amarrava ao cais, ficou à deriva em águas próximas da ilha de Hainão, a primeira zona da China a sentir o impacto do Haiyan, onde se registaram apagões e cancelamentos de voos.

O Haiyan, que perdeu força e é agora uma tempestade tropical, chegou à região autónoma chinesa de Guangxi, no sul, com ventos de até 118 quilómetros por hora, segundo a Xinhua.