Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UE/Vinho: Tribunal de Contas Europeu diz que reforma do setor falha objetivos

Lusa Visão Verde

  • 333

Bruxelas, 12 jun (Lusa) -- A reforma do mercado do vinho na União Europeia (UE), adotada em 2008, falhou o objetivo de reduzir o excesso de produção, diz o Tribunal de Contas Europeu (TCE), num relatório hoje divulgado em Bruxelas.

"Se por um lado a UE financia a medida de arranque de modo a reduzir os excedentes vitivinícolas, por outro lado a medida de reestruturação e reconversão dá origem a aumentos do rendimento vitivinícola e, por conseguinte, a um volume de produção que vai contra o objetivo de equilíbrio entre a oferta e a procura sem garantir novas saídas comerciais", conclui o tribunal.

O documento salienta que a esperada redução do volume, com o arranque de 175.000 hectares de vinha na UE, não se concretizou porque houve medidas falharam, como a proibição do enriquecimento por sacarose, nunca concretizada.