Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores filipinos pedem aumento do salário mínimo para oito euros diários

Lusa Visão Verde

  • 333

Manila, 29 abr (Lusa) -- O Partido dos Trabalhadores e movimentos sindicalistas das Filipinas pediram ao Governo para aumentar o valor do salário mínimo de 456 pesos (cerca de oito euros) diários, fixado por lei em Manila, informa hoje a imprensa local.

A secretária-geral do partido, Judy Miranda, indicou que o custo de vida na capital filipina alcançou os 1.217 pesos (22 euros), incluindo as despesas médicas que não são cobertas pelo Estado, refere o diário The Enquirer.

Miranda pretende apresentar o seu pedido ao Presidente, Benigno Aquino, durante a reunião que devem manter na próxima quarta-feira, 01, Dia do Trabalhador, ainda que o Governo já tenha avisado que não prevê aumentar o salário mínimo.