Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da TAP acreditam que ainda é possível evitar os cortes salariais

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 21 fev (Lusa) -- Os oito sindicatos representativos dos trabalhadores da TAP reúnem-se hoje com as Finanças na expectativa de evitar os cortes salariais da função pública, previstos no Orçamento do Estado para 2013 (OE2013).

O presidente do Sindicato dos Técnicos de Handling, André Teives, disse à Lusa que a reunião tem como objetivo "deixar a TAP de fora da esfera pública, de uma vez por todas", o que significa não ter as reduções salariais médias de 5%, como acontece a todos os trabalhadores da função pública e empresas maioritariamente públicas com salários brutos acima dos 1.500 euros.

"Se a TAP não recebe dinheiro [do Estado], o Estado também não tem que se imiscuir para cortar salários", declarou André Teives.