Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da empresa RTS aproveitam visita da ministra da Agricultura a Serpa para protestar

Lusa Visão Verde

  • 333

Serpa, 01 out (Lusa) -- Os quase 30 funcionários da empresa alentejana RTS, que produz pré-fabricados em cimento, aproveitaram hoje a deslocação da ministra da Agricultura a Serpa para protestar contra alegados salários e subsídios em atraso, o que consideram "insustentável".

"Estes trabalhadores estão aqui, aproveitando a presença de um membro do Governo, para dizer como é que é possível neste país que se esteja a trabalhar sem receber", afirmou Fátima Messias, dirigente do Sindicato da Cerâmica do Sul.

O protesto, que juntou "25 dos 27 trabalhadores" da empresa (dois estão de férias), teve lugar na zona da Herdade Maria da Guarda, na freguesia de Vale de Vargo, concelho de Serpa.