Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Taxas aeroportuárias em Lisboa poderão subir 14% com concessão da ANA - Presidente da CTP

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 20 dez (Lusa) -- O presidente da Confederação do Turismo Português, Francisco Calheiros, revelou hoje no Parlamento ter sido informado pelo Governo que a privatização da ANA poderá fazer subir as taxas aeroportuárias até 14% em Lisboa e baixá-las 25% na Madeira.

Em declarações na comissão parlamentar da Economia e Obras Públicas sobre os processos de reprivatização da TAP e de privatização da ANA requerida pelo Partido Socialista, Francisco Calheiros indicou que foi recebido na semana passada por Sérgio Monteiro, secretário de Estado dos Transportes, que terá indicado estar previsto no caderno de encargos para a concessão da ANA que as taxas aeroportuárias poderão subir no aeroporto de Lisboa até um limite máximo de 12 a 14%, sendo que irão manter-se no Porto, e baixar 25% "num dos aeroportos mais caros da Europa", na expressão de Calheiros, que é o aeroporto da Madeira.

As taxas aeroportuárias "são claramente um factor diferenciador numa de duas empresas absolutamente estruturais para o turismo portugês e preocupa-nos o facto das taxas do aeroporto de Lisboa possa subir na ordem dos 12 a 14%. Não está decidido, mas é um limite que está previsto e poderá vir a acontecer", indicou o presidente da CTP, à margem da audição.