Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Segurança Social: Crescimento económico necessário para garantir futuro das pensões de reforma -- Economistas

Lusa Visão Verde

  • 333

Coimbra, 29 set (Lusa) - O crescimento económico do país é absolutamente necessário para garantir a sustentabilidade futura da Segurança Social e com ela as pensões de reforma, sublinharam hoje economistas reunidos em Coimbra.

O economista José Luís Albuquerque, um dos intervenientes no seminário "O Futuro da Proteção Social", preparatório do Fórum Cidadania pelo Estado Social que decorre na Fundação Gulbenkian, em Lisboa, em novembro, fez um historial da reforma da Lei de Bases da Segurança Social, implementada em 2007, referindo que "há poucas receitas fiscais" consignadas à Segurança Social.

"Só 75 por cento das despesas com pensões de reforma e rendimento social de inserção é que é paga com contribuições do trabalho e das empresas. Vinte e cinco por cento vêm do Orçamento do Estado e essas receitas têm vindo a diminuir", alertou.