Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Secretário-geral da CGTP acusa Governo de afundar o país e pede que Passos Coelho se vá embora

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 16 fev (Lusa) -- O secretário-geral da CGTP exigiu hoje o corte imediato da despesa "parasitária", acusou o Governo de estar a afundar o país e reafirmou o pedido ao primeiro-ministro para que faça um favor ao país e se vá embora.

Perante vários milhares de pessoas presentes na Praça do Município, em Lisboa, Arménio Carlos aproveitou para fazer um balanço do tempo de governação do Executivo de Passos Coelho, dizendo que este "é um Governo que se ajoelha perante a troika e inferniza a vida aos portugueses".

"É caso para daqui dizer ao primeiro-ministro que está na hora de prestar um serviço relevante ao país. Está na hora de se ir embora", exigiu Arménio Carlos.