Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sargento condenado a 10 meses de prisão por tocar nas nádegas de superiora

Lusa Visão Verde

  • 333

Madrid, 03 ago (Lusa) -- O Supremo Tribunal espanhol condenou um sargento do Exército a 10 meses de prisão por dois delitos de "insulto a um superior", por ter tocado nas nádegas de uma superiora como "forma de provocação e falta de respeito".

O tribunal confirmou a decisão de um tribunal de primeira instância que deu como provado que, na tarde de 05 de abril de 2011, o sargento executou "um movimento de baixo para cima tocando nas nádegas" da capitão, que estava com um grupo de oficiais, incluindo o seu marido, um tenente do Exército, num terraço de um café em Ceuta.

O sargento e a oficial já tinham tido um encontro tenso noutro bar da cidade, depois de o sargento condenado ter reconhecido a oficial como a superiora que tinha instruído um outro processo contra si por má conduta, refere-se também no acórdão.