Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Reformados pedem audiência ao ministro e intervenção do Provedor contra "saque" fiscal

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 1 mar (lusa) - A Confederação Nacional de Reformados Pensionistas e Idosos (MURPI) anunciou hoje que fez pedidos de audiência ao ministro da Segurança Social e de intervenção do Provedor da Justiça para acabar com o "saque" fiscal a 440 mil pensionistas sujeitos a "dupla tributação".

"Os trabalhadores no ativo que recebam o mesmo rendimento sofrem menos redução do que os reformados do sector público e privado", lê-se num comunicado da confederação hoje divulgado, no primeiro dia de entrega em papel da declaração de IRS dos reformados.

A MURPI lembra que os pensionistas da Caixa Geral das Aposentações e do Centro Nacional de Pensões com reformas acima dos 1.350 euros já descontam a "Contribuição Extraordinária de Solidariedade" (CES) que incide na parte do rendimento que excede a dedução específica, que foi reduzida de 6.100 euros para 4.104 no IRS a entregar a partir de hoje.