Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quercus e GEOTA desfavoráveis aos traçados para a linha muito alta tensão no Douro

Lusa Visão Verde

  • 333

Vila Real, 31 jan (Lusa) -- As associações ambientalistas Quercus e o GEOTA mostraram-se hoje desfavoráveis aos três traçados alternativos propostos pela EDP para a linha de muito alta tensão entre a Barragem do Tua e Armamar, que atravessa o Douro Património Mundial.

Esta linha tem como objetivo escoar a energia produzida no Aproveitamento Hidroelétrico de Foz Tua para a Rede Nacional de Transporte de Eletricidade.

As soluções propostas pela EDP estão incluídas na Proposta de Definição de Âmbito (PDA) do Estudo de Impacte Ambiental (EIA) do projeto da Linha Foz Tua - Armamar, a 400 Kv, cuja consulta pública terminou no dia 29.