Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quercus diz que lampreia no rio Vouga continua em risco e defende controlo das capturas

Lusa Visão Verde

  • 333

Aveiro, 19 fev (Lusa) - A Quercus defendeu hoje um controlo apertado das capturas de lampreia no rio Vouga, a criação de um selo de certificação e a obrigatoriedade de descarga em lota, para garantir a preservação da espécie.

Em vésperas da realização de um festival gastronómico em Sever do Vouga, patrocinado pela região de turismo Centro Portugal, aquela organização ambientalista considera que, de acordo com as informações de que dispõe, a situação não melhorou desde 2009, altura em que alertou para os riscos de extinção da lampreia-marinha no rio Vouga.

"As capturas por meios ilegais continuam sem qualquer controlo, apesar de sabermos que o SEPNA [Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente] da GNR e o ICNF [Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas] efetuam algumas ações de fiscalização nas zonas de pesca, mas muito aquém do que seria necessário", refere Paulo Lucas, da Quercus.