Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quercus contesta fábrica de cal em Reserva Ecológica Nacional de Fátima

Lusa Visão Verde

  • 333

Fátima, 22 jul (Lusa) - A Quercus contesta a construção de uma fábrica de cal em Maxieira, Fátima, em terrenos da Reserva Ecológica Nacional, junto ao Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros (PNSAC), disse hoje à Lusa fonte da associação ambientalista.

"Foi realizada uma desmatação ilegal sem que tenha sido feito qualquer estudo de impacte ambiental. Estamos contra este tipo de procedimento e ao lado da população que está preocupada com a instalação deste projeto", explicou Domingos Patacho, presidente do Núcleo Regional do Ribatejo e Estremadura da Quercus.

A Quercus já se tinha manifestado contra a instalação da fábrica a 1.600 metros do Santuário da Fátima, uma proposta inicial e à qual a Câmara de Ourém procurou encontrar uma localização alternativa.