Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quercus condena plano de construção da Ikea em Reserva Agrícola em Loulé

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 07 fev (Lusa) - A Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza denunciou hoje que a cadeia sueca Ikea pretende construir uma nova área comercial em solos da Reserva Agrícola Nacional, em Loulé, o que revela "uma enorme falta de responsabilidade ambiental".

Em comunicado, a Quercus adianta que o grupo de mobiliário e decoração, "após ter promovido a construção das suas fábricas de móveis em Paços de Ferreira, numa área integrada na Reserva Ecológica Nacional, e também após o abate de sobreiros no terreno previsto para a loja de Coimbra", agora quer uma nova área comercial em Loulé em solo da Reserva Agrícola Nacional (RAN).

Para a Quercus, isso revela "uma enorme falta de responsabilidade ambiental", adiantando que a empresa imobiliária IMO 224 - Investimentos mobiliários promoveu a compra de terrenos em solos da RAN no sítio de Alfarrobeira, concelho de Loulé, tendo em vista a construção da nova área comercial no Algarve da Ikea Portugal.