Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quercus alerta jovens de Idanha e Castelo Branco para venenos que matam animais ilegalmente

Lusa Visão Verde

  • 333

Castelo Branco, 27 mar (Lusa) - A associação ambientalista Quercus vai recorrer ao teatro e a sessões de expressão artística para sensibilizar 2.000 crianças e jovens de Idanha-a-Nova e Castelo Branco contra o uso ilegal de venenos que matam animais e ameaçam as pessoas.

Em parceria com a Pé de Pano - Projetos Culturais, vão decorrer até junho "atividades de sensibilização ambiental junto das comunidades escolares", explica Samuel Infante, responsável pelo núcleo da Quercus de Castelo Branco.

O tema será sempre "a utilização errada de venenos por parte de agricultores, caçadores e pastores, como forma de afastar alguns animais considerados perigosos".