Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quase metade do orçamento de famílias de Campanhã, Porto, gasto em saúde - Estudo

Lusa Visão Verde

  • 333

Porto, 08 ago (Lusa) -- A maioria dos agregados familiares da freguesia de Campanhã, no Porto, gasta quase metade do seu orçamento mensal em saúde, em especial em consultas, tratamentos e medicamentos, conclui um estudo hoje divulgado.

De acordo com o estudo realizado pelo Instituto de Ciências da Saúde da Católica Porto, que contou com um total de 520 respostas, 77% dos agregados inquiridos revelou que canaliza até 100 euros para saúde e 60% despende entre 50 a 199 euros por mês apenas em medicação.

"Estes números ganham particular expressão tendo em conta que quase metade dos inquiridos refere que o nível do rendimento total do agregado, maioritariamente proveniente da reforma, é inferior ao salário mínimo, ou seja, a 484 euros", acrescenta o Instituto de Ciências da Saúde.