Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Problema da Metro do Porto é dívida, não gastos com pessoal -Trabalhadores

Lusa Visão Verde

  • 333

Porto, 11 jul (Lusa) -- A Comissão de Trabalhadores (CT) da Metro do Porto defendeu hoje ser necessário "focar a empresa na melhoria dos resultados operacionais", afirmando que "mesmo o despedimento de todos os trabalhadores da Metro não iria melhorar os resultados líquidos" atuais.

"Por cada euro gasto, do resultado da nossa empresa, cerca de 0,84 cêntimos vão para pagar a dívida aos bancos, 0,15 cêntimos são custos operacionais e 0,1 são custos com pessoal. Resumindo, mesmo com o despedimento de todos os trabalhadores (incluindo órgãos sociais), a Metro do Porto não iria melhorar os resultados líquidos que tem hoje", afirma a CT, em comunicado enviado à Lusa.

Os trabalhadores não têm dúvidas de que "se o problema da dívida não for resolvido, [a Metro do Porto] irá ter um resultado pior em 2013".