Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Principal siderurgia chinesa investe 4.820 ME em oleoduto de 5.220 Km

Lusa Visão Verde

  • 333

Xangai, 21 dez (Lusa) -- A principal siderurgia chinesa, a Baosteel, vai investir 10.000 milhões de yuan (4.820 milhões de euros) assumindo uma participação minoritária no terceiro grande oleoduto que vai ligar o oeste e o este do país, prolongando-se por 5.220 quilómetros.

O oleoduto, da estatal Petrochina, partirá da cidade de Horgos, fronteira com o Kazaquistão, na região autónoma uigur de Xinjiang, noroeste, e prolonga-se até Shaoguan, no norte da província de Guangdong, sudoeste da China, e que faz fronteira com Macau e Hong Kong.

A Baosteel controlará 12,8 % do capital do projeto o que permitirá aumentar as suas vendas de canalizações e tubos de aço, enquanto que o grupo que controla a siderurgia, também estatal, irá assumir outros 3,2 % do projeto, o que totalizará 16 %.