Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Postos de trabalho nos portos portugueses podem aumentar 40% - IPTM

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 28 nov (Lusa) -- O presidente do Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM), João Carvalho, disse hoje que podem ser criados mais de 200 postos de trabalho nos portos portugueses no prazo de três a cinco anos.

Em entrevista à Lusa, o presidente do IPTM, entidade reguladora do setor portuário, defendeu que "o número de postos de trabalho nos portos nacionais pode crescer 40% no prazo de três a cinco anos", como resultado da implementação do novo regime laboral e do aumento da carga movimentada.

Tendo em conta que os portos de Portugal Continental empregam cerca de 650 estivadores, João Carvalho prevê a criação de mais de 200 postos de trabalho, rejeitando o argumento dos trabalhadores, que protestam contra a nova legislação, de que vai criar desemprego.