Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal poupou "6,3 mil ME" nos últimos sete anos através das renováveis - António Mexia

Lusa Visão Verde

  • 333

Alqueva, 23 jan (Lusa) -- O presidente executivo da EDP, António Mexia, destacou hoje que Portugal "poupou 6,3 mil milhões de euros" na importação de combustíveis fósseis, entre 2005 e 2012, através da capacidade instalada de energias renováveis, essencialmente água e vento.

Trata-se de "um número muito interessante", o facto de, nesse período, "aquilo que é a capacidade renovável instalada em Portugal, essencialmente água e vento", ter permitido ao país poupar "6,3 mil milhões de euros".

"Tem que ser dito devagar porque é muito dinheiro", afirmou, argumentando tratar-se de "criação pura de riqueza com substituição de importações, que é uma questão decisiva para o crescimento" nacional.