Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pequim vai incentivar fusões de produtores de painéis solares

Lusa Visão Verde

  • 333

Pequim, 20 dez (Lusa) -- O Governo chinês vai incentivar fusões entre produtores de painéis solares para fortalecer um setor afetado por enormes prejuízos devido ao excesso de oferta e à guerra de redução de preços.

O anuncio de Pequim, esperado há vários meses por analistas, surge quando a China enfrenta sanções comerciais dos Estados Unidos e, provavelmente da Europa, relacionada com protestos daqueles países pelo seu apoio aos produtores de painéis solares que violam as regras do comércio internacional.

Pequim quer, assim, encorajar as fusões entre empresas e reduzir o apoio governamental à produção de painéis e impedir os lideres locais de apoiarem as empresas, refere uma nota do Executivo emitida ao final do dia de quarta-feira e que abre a porta a que alguns produtores declarem falência.