Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pensões até 600 euros sem alterações, mas proteção poderá ir até 1.200 euros

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 06 ago (Lusa) - O secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino, afirmou hoje que as pensões até 600 euros não irão sofrer alterações, um valor que progride com a idade do pensionista até um limite máximo de 1.200 euros para os mais idosos.

De acordo com a nova proposta do Governo, que visa a convergência entre os regimes da Segurança Social e da Caixa Geral de Aposentações (CGA), "há um conjunto de alterações às pensões em pagamento, mas aqui essas alterações têm um conjunto de critérios", referiu o secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino.

Segundo explicou, "não serão alteradas pensões abaixo de 600 euros e esse valor [600 euros] progride com a idade do pensionista até 1.200 euros, portanto, o máximo. A proteção vai até 1200 euros para pensionistas mais idosos".