Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Parte de custódia que se julgava furtada em Igreja de Montalegre apareceu

Lusa Visão Verde

  • 333

Montalegre, 16 set (Lusa) -- A parte de cima da custódia que na semana passada havia sido dada como desaparecida da igreja de Meixede, Montalegre, foi encontrada no confessionário, disse hoje o padre António Fontes, responsável pela paróquia.

O padre António Fontes, organizador do Congresso de Medicina Popular, julgava que a sagrada custódia, peça do século XVIII, com cerca de meio quilo de prata e de arte barroca, havia sido furtada a 08 de setembro, na igreja de Meixide, durante a realização da procissão em honra de Nossa Senhora da Azinheira.

Durante este fim de semana, disse hoje o sacerdote à agência Lusa, a custódia foi encontrada no fundo do confessionário, dentro da sacristia (espaço anexo à igreja onde são guardados os paramentos sacerdotais).