Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Parlamento japonês aprovou adesão à Convenção de Haia sobre rapto de crianças

Lusa Visão Verde

  • 333

Tóquio, 22 mai (Lusa) - O parlamento japonês aprovou hoje a adesão do Japão à Convenção de Haia sobre o rapto de crianças, depois de décadas de pressão dos Estados Unidos e de outros países ocidentais, como o Canadá e França.

O Japão é o único país do G8 que não ratificou a convenção de 1980 referente ao rapto de crianças em caso de separação de um casal binacional e que obriga a devolver a criança raptada ao país da sua residência habitual.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, comprometeu-se a ratificar a convenção durante um encontro que teve em Washington com o Presidente norte-americano, Barack Obama.