Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Operador da central japonesa de Fukushima faz primeiro balanço da fuga radioativa para o oceano

Lusa Visão Verde

  • 333

Tóquio, 04 ago (Lusa) -- O operador da central nuclear de Fukushima divulgou hoje publicamente a sua primeira estimativa da amplitude da fuga de trítio radioativo para o oceano Pacífico desde o desastre, em março de 2011.

A Tokyo Electric Power Co (TEPCO) estimou que entre 20 a 40 triliões de 'becquerels' (a unidade que mede a atividade radioativa) desta substância, um isótopo do hidrogénio radioativo, foram vertidos no oceano desde maio de 2011.

Foi a primeira vez que a TEPCO fez um balanço do género desde que um enorme 'tsunami' provocou o acidente, em março de 2011, sublinhou hoje um porta-voz.