Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Olivicultores transmontanos querem ajudas de Bruxelas para aumentar produção com regadio

Lusa Visão Verde

  • 333

Mirandela, 15 nov (Lusa) -- Os olivicultores transmontanos reclamaram hoje a canalização de verbas do próximo Quadro Comunitário de Apoio para regadio dos olivais, garantindo que este investimento permitirá aumentar "cinco vezes" a produção nesta zona.

A região de Trás-os-Montes e Alto Douro é a segunda maior produtora de azeite do país, a seguir ao Alentejo, e nos "últimos seis a sete anos aumentou a área de olival em 30 mil hectares", passando para 80 mil, de acordo com o presidente da Associação de Olivicultores de Trás-os-Montes e Alto Douro (AOTAD).

O problema, segundo disse à Lusa António Branco, é que este crescimento da área de plantação não está a traduzir-se num aumento da produção pela dependência das condições climatéricas, um obstáculo que, defendeu, só será possível ultrapassar com projetos de regadio.