Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Oficiais contra fim do Fundo de Pensões mas disponíveis para procurar solução

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 27 jul (Lusa) -- Os oficiais das Forças Armadas classificam de "irrazoável, injusto e iníquo" o projeto que prevê a extinção do Fundo de Pensões dos Militares e mostram-se disponíveis para procurar "uma solução" que ultrapasse "os constrangimentos no financiamento" deste fundo.

Em comunicado hoje divulgado, a Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA) critica o projeto de Decreto-Lei que prevê a extinção do Fundo de Pensões dos Militares das Forças Armadas (FPMFA) e o Complemento de Pensão, considerando que na base da sua elaboração terá estado "a imponderação".

Para esta organização, o diploma em questão "visa a extinção de um instrumento que, no campo assistencial, complementa as cada vez mais exíguas pensões de reforma e de sobrevivência dos militares ou das respetivas viúvas".