Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2014: Governo "não tem nenhum prazer" em cortar rendimentos na Função Pública -- Passos Coelho

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 13 nov (Lusa) - O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou hoje que o Governo "não tem nenhum prazer" em reduzir os salários da função pública, mas referiu que não é possível reduzir o défice ou a despesa sem atingir os rendimentos destes trabalhadores.

"Temos um Orçamento do Estado para 2014 que tem um grau de dificuldade muito elevado até para a sua execução. O Governo não tem nenhum prazer em reduzir os rendimentos salariais na Função Pública. Nós procurámos ao longo destes dois anos e meio que a redução da despesa pública afetasse o mínimo os rendimentos, mas não é possível reduzir a despesa e o défice sem afetar essa função", declarou Passos Coelho aos jornalistas.

No final de um encontro inédito entre o Governo e os parceiros sociais no âmbito do Orçamento do Estado para 2014, o chefe do executivo disse que quando esta decisão foi tomada "[o Governo] não o fez de ânimo leve".