Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Nada impede" a Ryanair de investir em Portugal, "se quiser" - Mesquita Nunes

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 18 jul (Lusa) -- O secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, lembrou hoje que o Turismo de Portugal "não faz gestão de planos de expansão de aeroportos" e disse que "nada impede" a Ryanair de "investir em Portugal, se quiser".

Em declarações à Lusa no final da celebração do protocolo de colaboração entre o Turismo de Portugal e a Federação Nacional de Associações de Business Angels (FNABA), Mesquita Nunes comentava assim o facto de a companhia aérea de baixo custo Ryanair ter acusado o Turismo de Portugal de rejeitar um plano de expansão para o aeroporto de Faro, o qual teria o objetivo de aumentar o tráfego de inverno em 35%.

Na quinta-feira, em comunicado, o diretor de comunicação da Ryanair, Robin Kiely, disse que "a proposta da companhia para o crescimento adicional em Faro pode trazer novos passageiros e milhões de euros de receitas turísticas para o Algarve durante o inverno", realçando, no entanto, que "o Turismo de Portugal não parece entender a importância deste plano".