Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Micro e pequenas empresas de bens alimentares passam a receber a 30 dias

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 29 nov (Lusa) - As micro e pequenas empresas de bens alimentares e as médias empresas de pescado vão passar a receber a 30 dias, segundo um diploma aprovado hoje em Conselho de Ministros.

A ministra da Agricultura, Assunção Cristas, sublinhou que esta medida "tem um impacto muito grande" nos fornecedores, já que as micro e pequenas empresas constituem cerca de 90% dos produtores agroalimentares.

A redução do prazo de pagamento para 30 dias para todo o setor alimentar (antes era só para os perecíveis), aplica-se a micro e pequenas empresas, organizações de produtores e cooperativas, bem como às médias empresas da fileira do pescado, às quais o Governo reconheceu especificidade, adiantou a ministra.