Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mestres do mundo rural ensinam em Bragança em troca de vida e carinho

Lusa Visão Verde

  • 333

Bragança, 29 jul (Lusa) -- A época é de férias, mas numa aldeia de Bragança há uma escola permanentemente aberta, com mestres do mundo rural a partilharem lições da vida do campo em troca de carinho e da alegria das crianças.

As salas de aulas são as hortas, as capoeiras, o forno de cozer o pão e a natureza, algumas vezes com tantos alunos como habitantes tem Portela, a Aldeia Pedagógica que está a tentar atenuar o envelhecimento com tradições ancestrais.

Na aldeia, junto a Bragança, "não há quase crianças" e é "um orgulho" ver por ali tantas para o mestre Hermínio Tomé, de 74 anos, que acaba de mostrar a horta aos 55 meninos, dos três aos cinco anos, do Colégio do Sagrado Coração de Jesus de Bragança.