Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Médicos Sem Fronteiras alertam para vulnerabilidade das crianças nas Filipinas

Lusa Visão Verde

  • 333

Manila, 16 nov (Lusa) -- A organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) alertou para a vulnerabilidade das crianças afetadas pelo tufão Haiyan nas Filipinas e para um cenário de uma eventual propagação de doenças como cólera ou o tétano.

Em comunicado, enviado esta noite, a organização não-governamental diz ter identificado os primeiros casos de tétano em Guiuan, na ilha de Samar, a primeira a ser golpeada pelo tufão Haiyan e uma das últimas a receber assistência humanitária.

Segundo o mais recente balanço oficial, o tufão Haiyan, um dos mais poderosos que atingiu as Filipinas há uma semana, causou 3.621 vítimas mortais.